As estratégias de Marketing Tradicional não estão morrendo!

Ao contrário do que muitas pessoas acreditam, essa é uma afirmação incorreta. Muitas estratégias de Marketing Tradicional ainda funcionam muito e trazem resultados, mesmo os que a empresa não espera.

O problema de utilizar essas estratégias é a falta de mensuração se a ação está tendo bons resultados ou não efetivamente, ao contrário do Marketing Digital, que todos os dados podem ser medidos.

Mas e que tal unir as estratégias que já estão em prática com uma estratégia de Marketing que promete trazer maiores resultados com menos esforço?

Aplique o Marketing de Guerrilha.

O que é Marketing de Guerrilha?

É uma estratégia aplicada pelas empresas que tem o mesmo objetivo do Marketing tradicional. O objetivo é atrair a atenção do público para sua instituição, demonstrando seus serviços através de uma oferta.Ele possibilita gerar um alto impacto no público com um baixo custo.

Qual a diferença do Marketing Tradicional para o Marketing de Guerrilha?

A abordagem!

As ações do marketing tradicional são comuns de serem encontradas pelas empresas. Com grandes volumes de anúncios e propagandas que são enviadas a todo momento para os potenciais clientes, chega uma hora que os anúncios podem passar despercebidos por eles.Mas com o Marketing de Guerrilha, a ação é desenvolvida com o intuito de ser tão diferenciado e chamativo que é quase impossível de ignorá-lo. Esse tipo de ação acaba gerando outros sentimentos nos clientes, como: encantamento, top-of-mind, awareness, branding e divulgação boca-a-boca gratuita.

Como trazer isso para a minha instituição?

Lembre-se que esse tipo de estratégia não deve ser aplicada o tempo todo. Caso seja, irá passar a ser algo comum e despercebido pelos clientes, portanto, escolha qual o melhor momento na jornada de compra do cliente para encantá-lo com a ação.

Vale lembrar que, no caso de instituições de ensino, o melhor momento para utilização do Marketing de Guerrilha é no período de captação de novos alunos.

Junte sua equipe de Marketing e Propaganda, promova um brainstorming e deixe a criatividade rolar! Essa é a melhor forma de começar a pensar numa estratégia de Marketing de Guerrilha. Entenda como seu cliente potencial enxerga uma experiência impactante e memorável.

Exemplo: Caso da Volkswagen que para promover o novo modelo de carro, a empresa instalou um escorregador ao lado da escada de um metrô da Alemanha para tornar mais rápido o acesso das pessoas.

Por onde começar?

Conheça seu público! Entenda o que gera valor para ELE. De qual forma você pode impactar positivamente no primeiro contato com seu cliente potencial?

Entenda onde o seu público está.

Não adianta criar uma abordagem criativa se seu público não ver. Portanto além de conhecer muito bem seu público, entenda onde o seu público está.

Seja sempre criativo.

Use e abuse da criatividade (mas tenha bom senso), além disso, procure utilizar da relevância uma ferramenta. Crie campanhas interessantes que causem curiosidade dos seus potenciais clientes.

Seja interativo

O legal do Marketing de Guerrilha é que você pode interagir com suas personas. Isso é ótimo, pois ações que envolvem interação com os clientes causam muito mais lembrança na mente.

Bônus: Exemplo de aplicação do Marketing de Guerrilha na minha IES.

– Impulsionamento de bases através de ações específicas;

– Utilizar as redes sociais com campanhas que viralize com seu público interno e externo;

– Ações em locais estratégicos, como: shopping centers, que envolvam a participação do público alvo;

Conclusão:

O mundo está em constante mudança. A forma como as pessoas querem consumir propaganda está mudando também. Que tal utilizar novas técnicas para atrair os novos clientes?

Quer captar novos alunos de forma criativa, que possa viralizar na internet e ainda ficar na mente do seu público? Então aplique a estratégia de Marketing de Guerrilha na sua instituição.

Tem alguma dúvida de como aplicar? Deixe nos comentários abaixo que te responderemos o mais rápido possível.


Comentários no Facebook