Além do programa exibido na televisão, o “Hora do Enem” também oferece um site com simulados, dicas de estudos e videoaulas

(Portal MEC/ Divulgação)

Felizmente, com o avanço da internet as possibilidades de acesso à informação e estudo para todos os bolsos se torna cada vez mais uma realidade. Infelizmente, muita gente ainda não as conhece. Você já ouviu falar, por exemplo, do Hora do Enem? Se não conhece, saiba que ele não é tão novidade assim: existe desde 2016. 

A diferença é que de lá para cá, o que antes era mais concentrado em um programa de televisão se expandiu e conta com um portal de vídeos, exercícios, jogos, dicas de estudos e muito mais para quem vai fazer o maior vestibular do Brasil. 

O programa de televisão, exibido na TV Escola (canal do MEC) ainda está na ativa e é exibido de segunda a sexta às 7h e reprisado às 13h e 18h. Quem não consegue assistir durante a semana pode ver todos os episódios da semana em sequência aos sábados (15h) ou aos domingos (6h). Não curte muito televisão e prefere ver no computador ou no celular? Todos os episódios já exibidos também estão disponíveis para download na plataforma do Hora do Enem. 

Os conteúdos que serão abordados na semana são sempre divulgados no site, mas existe uma grade fixa de disciplinas. Às segundas, aulas sobre Matemática e suas Tecnologias. Terça, Ciências Humanas e suas Tecnologias. Quarta, Linguagens, Códigos e suas Tecnologias. Quinta, Ciências da Natureza, Sexta, Redação. 

No site do Hora do Enem você também pode fazer simulados, criar planos de estudos, ver questões comentadas e receber notícias e dicas sobre o exame. Também é possível acessar tudo isso pelo aplicativo gratuito da TV Escola, disponível para iOS e Android. 

Enem 2019

As inscrições para o Enem estiveram abertas entre os dias 6 e 17/5 e, ao todo, 6.384.957 pessoas de todo o Brasil se inscreveram — o menor número desde 2011. Em 2014, o exame chegou a contar com 9,4 milhões de inscritos.

Assim como no ano anterior, a prova ocorrerá em dois domingos. No primeiro, 3/11, serão aplicadas as provas de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, Ciências Humanas e suas Tecnologias e a Redação. Neste dia, os portões serão fechados às 13h e a prova vai até as 19h.

No segundo dia, 10/11, os candidatos responderão as questões de Ciências da Natureza e suas Tecnologias e Matemática e suas Tecnologias. Na entrada, os portões fecham no mesmo horário, mas a prova vai até as 18h30.

Desde que foi criado pelo MEC em 1998 para avaliar o desempenho dos estudantes ao final do Ensino Médio, o Enem é usado como alternativa ou complemento dos vestibulares por muitas universidades brasileiras. A partir das alterações implementadas em 2009, o Enem passou a substituir o vestibular das universidades federais e de outras instituições de ensino públicas e particulares, além de escolas de ensino técnico.

Alguns programas em que as notas do Enem podem ser usadas para conseguir uma vaga na universidade são o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e o Programa Universidade para Todos (ProUni). Para quem quer receber um empréstimo, o programa parceiro é o Fundo de Financiamento ao Estudante de Ensino Superior (Fies).

Outras informações podem ser encontradas no edital do Enem 2019.

Esse texto foi publicado originalmente em: https://guiadoestudante.abril.com.br/enem/uma-plataforma-gratis-para-se-preparar-para-o-enem-na-tv-e-na-internet/

Comentários no Facebook