Página ‘Será que robôs tomarão meu trabalho?’ usa dados de estudo da Universidade de Oxford sobre 702 ocupações profissionais nos EUA.

Um site criado por dois europeus mostra o risco de alguém que exerça determinada atividade profissional ser substituído por um robô nos Estados Unidos.

Criada pelo desenvolvedor inglês Mubashar Iqbal e pelo designer búlgaro Dimitar Raykov, a página “Será que robôs vão tomar meu trabalho?” usa dados de um famoso estudo sobre a automatização de vários setores econômicos (veja aqui).

Publicada em 2013, a pesquisa “O Futuro do Emprego: Qual a suscetibilidade de trabalhos à informatização?” tenta determinar a probabilidade de uma ocupação ser assumida por robôs. Produzida por Benedikt Frey e Michael Osborne, da Universidade de Oxford, o estudo analisa 702 postos de trabalho.

De acordo com as estimativas, 47% dos empregos norte-americanos correm esse risco. Mas a chance de uma máquina roubar a vaga de um trabalhador depende do posto ocupado por ele.

Motoristas de táxi, por exemplo, têm 89% de chance de ver um robô assumir o volante. O risco para outros trabalhadores é menor. O índice é de 11% para repórteres, de 7% para engenheiros nucleares e de 0,95% para professores.

Esse texto foi publicado originalmente em: https://g1.globo.com/tecnologia/noticia/site-mostra-qual-chance-humanos-correm-de-ter-emprego-roubado-por-robos.ghtml

Comentários no Facebook